sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Carbono poderá substituir silício em chips

O carbono pode tomar o lugar do silício como matéria prima principal dos chips eletrônicos no futuro, segundo um recente estudo da Universidade de Manchester, no Reino Unido.

Cientistas descobriram que o grafeno – material feito com arranjos hexagonais de átomos de carbono – tem propriedades de isolante, além de condutor elétrico. Estas características podem fazer do material um bom candidato a material para chips.

Os cientistas já sabiam que o grafeno era um bom condutor elétrico. Mas as descobertas da Universidade de Manchester revelaram que é possível transformar o material em isolante colocando átomos de hidrogênio na sua superfície.

Com o avanço das pesquisas, os fabricantes de eletrônicos poderão substituir toda a variedade de elementos da tabela periódica hoje usados para fabricar componentes por um único material – o mesmo do qual somos feitos.

O estudo completo pode ser conferido na revista Science.

 

Nenhum comentário: