sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

GDrive, Drive virtual do Google - E você? Está Pronto?

GDrive, o disco virtual do Google: um salto para a computação em nuvem

Suas músicas, fotos, documentos, arquivos – enfim, todo o seu patrimônio digital. Em breve, tudo isso pode estar nas mãos do Google.

A cada dia surge um novo indício de que o GDrive, o disco virtual do gigante das buscas, se tornará uma realidade. A mais nova pista é um trecho de código embutido no Google Pack, que define o GDrive como um “serviço online de backup e armazenamento”.

Na prática, o serviço permitirá que você armazene seus arquivos e faça back-up de dados na internet, facilitando o acesso a partir de qualquer computador ou celular conectado à rede.

Até aí, nada de revolucionário. Outros serviços já se propuseram no passado, com mais ou menos êxito. Mas o que poderá fazer a diferença no caso do GDrive é a integração com outros serviços do Google que já são amplamente usados pelos internautas.

Em tese, você poderia mandar arquivos direto do seu Gmail para o disco virtual ou fazer backup das fotos armazenadas no Picasa no GDrive. Os documentos salvos no Google Docs também poderão ficar guardados no mesmo repositório, junto qualquer outro arquivo do seu PC.

Em resumo, o GDrive seria o repositório central de todo o seu acervo digital – um substituo online para o HD físico.

Por isso todo o entusiasmo e especulação em torno do serviço, que pode estrear ainda neste ano, segundo observadores do mercado. O GDrive poderá marcar a transição da computação baseada em desktop para a chamada computação em nuvem.

Para o usuário, isso significará mais liberdade para acessar seu conteúdo digital e o fim do pesadelo de perder todos os registros importantes da sua vida em um laptop roubado ou em um HD queimado.

Mas o movimento também vai exigir um salto de fé do usuário. Você está pronto para colocar toda a sua vida na nuvem? E os riscos de roubo de dados e falhas no serviço? Como fica a privacidade? A resposta para todas essas questões será determinante para o sucesso do GDrive. Isto é, quando ele estiver entre nós.

Fonte: Info

Nenhum comentário: