sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

EUA definem princípios de privacidade online

Reguladores divulgaram recomendações de como sites devem coletar, guardar e compartilhar informações de internautas.

As advertências também servem para provedores de serviços de internet e a usuários de celulares.

As orientações da Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC) à indústria auto-reguladora visam conscientizar os consumidores de que informações são armazenadas enquanto eles navegam na rede e dar a eles a opção de não permitir que isso ocorra.

“O cliente sem saber pode ter um contrato com o ISP no qual ele aceitou ser rastreado”, alerta Jessica Rich, diretora assistente da divisão de privacidade e proteção de identidade da FTC.

Há poucas leis nos EUA acerca da obtenção e do uso de dados na web, mas um dos membros da agência federal, Jon Leibowitiz, disse que a falta de eficácia da indústria na proteção da privacidade dos consumidores pode resultar em uma posição governamental mais incisiva.

 

Nenhum comentário: