quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

GeForce 9600 GT, placa silenciosa e mortal

Seguindo a onda das placas de vídeo da geração anterior que estão ficando mais baratas, essa GeForce 9600 GT, da ECS, pode ser encontrada por 579 reais – e tem desempenho muito bom, considerando seu preço. Quando passou pelo INFOLAB, fez bonito nos benchmarks sintéticos, com resultados próximos aos alcançados pelos modelos com dois processadores gráficos. Sem decepcionar nos jogos, rodou títulos pesados com tranquilidade.

A placa vem pronta para trabalhar com DirectX 10 e OpenGL 2.1, as tecnologias usadas nos games de hoje. É uma opção barata por ter perfil baixo e apenas 64 unidades de processamento, enquanto hoje há opções com 320 unidades em uma GPU. Mas tem memória de 512 MB DDR3. Para funcionar, precisa de uma fonte de, no mínimo, 450 watts reais.

Nos testes com benchmarks, o modelo cravou 11 413 pontos no 3DMark06, enquanto uma 9800 GX2 marcou 15 011 pontos. É um resultado acima do esperado, assim como o atingido nos jogos. O Crysis rodou numa boa com todas as configurações no High e o Call of Juarez foi exibido com 24 quadros por segundo – é bom para essa placa, mas a melhor performance exige cerca de 40 fps.

Outra vantagem é essa enorme grelha, um sistema de resfriamento passivo, o Accelero S2. Como não tem ventoinha, o adaptador dá um gelo na GPU sem fazer barulheira, com desempenho parecido com o de um cooler normal. Em compensação, faz um modelo pequeno ocupar dois slots no gabinete.

Nenhum comentário: