quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Microsoft pagou demais por ações do Facebook

De acordo com a transcrição de uma audiência, o Facebook calcula seu valor de mercado em 8,88 dólares por ação.

A maior rede social da internet se baseou nesta estimativa, que resulta em um total de 3,7 bilhões de dólares, para valorar corretamente opções de ações de funcionários e evitar problemas fiscais.

A companhia definiu o valor após fechar um acordo com a Microsoft. Como parte da negociação, o Facebook aceitou vender 1,6% das suas ações à gigante de software por 240 milhões de dólares.

O investimento da Microsoft foi calculado a partir do valor de 35,90 dólares por ação – preço citado em um processo no qual o fundador do Facebook, Mark Zeckerberg, é acusado de copiar a ideia do grupo de amigos online de um ex-colega de classe que criou uma outra rede social chamada ConnectU.

O porta-voz do Facebook, Barry Schnitt, se recusou a comentar a respeito das valorações.

Na audiência realizada em junho, advogados da rede social argumentaram que o preço determinado para opções de ações dos funcionários não pode ser comparado com o cobrado pelas ações vendidas à Microsoft porque estas faziam parte de um pacote de ativos preferenciais.

Além disso, segundo eles, a Microsoft tinha interesse em pagar uma quantia generosa ao Facebook porque queria estreitar relações com a rede social devido à gigante audiência do site.

 

Nenhum comentário: