quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Nova fonte de energia: árvores artificiais

Que tecnologia pode ser mais verde do que uma árvore artificial capaz de produzir energia utilizando sol e vento?

É com base nesta premissa que a SolarBotanic, empresa inglesa especializada em gerar energia renovável, quer tornar seu invento como solução global.

O projeto promete uma revolucionária forma limpa de gerar eletricidade por meio de três tipos de tecnologia na estrutura das árvores. A mais simples, chamada de PV, converte a luz solar diretamente em eletricidade usando materiais semicondutores. Pelo mesmo canal, é possível a conversão do calor direta em energia elétrica, nomeada de TV, segundo a companhia. Ambas, portanto, dependem da captação de energias provenientes do Sol.

A terceira forma, a PZ, menos dependente do astro, se dá por ‘nano células’, que transforma energia cinética em elétrica. Basicamente, neste módulo, as árvores capturam ventos, concentram, armazenam e convertem para um dispositivo de grande capacidade energética.

Dona da patente, a SolarBotanic diz que uma árvore artificial pode produzir entre 2000 e 12000 kWh por ano, dependendo do tamanho e da localização. De acordo com a companhia, por ter componentes orgânicos, os protótipos são largamente adaptáveis e podem servir para qualquer tipo de ambiente.

Para colocar no mercado, porém, a SolarBotanic precisa de parceiros que estejam interessados em financiar e comercializar as fases do projeto.

 

Nenhum comentário: