segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

PsyStar tem vitória na disputa por Mac clone

A PsyStar, que vende clones do Mac, conseguiu uma vitória na Justiça na última sexta-feira (09/02). Um juiz permitiu que a empresa continue sua ação contra a Apple.

Em novembro, o juiz William Alsup, da Califórnia, dispensou as acusações de antiturste da empresa contra a Apple. Mas Aslup deu uma nova chance à empresa de apresentar sua queixa mudando as alegações.

A Psystar mudou a acusação de violação de leis antitruste para mau uso dos direitos autorais pela Apple ao vincular o sistema operacional do Mac a seu próprio hardware.

Alsup sugeriu que se a Psystar conseguir provar o mau uso dos direitos autorais pela Apple, outras empresas poderão vender computadores rodando Mac OS. A venda de clones do Mac pela Psystar começou em abril de 2008.

O caso deve começar a ser julgado em novembro de 2009, segundo reportagem do Computerworld no Reino Unido.

 

Nenhum comentário: