quarta-feira, 18 de março de 2009

Adobe satisfaz previsões de Wall Street

A Adobe Systems prevê um declínio no lucro trimestral em linha com as projeções de Wall Street, o que fez suas ações subirem 2%.

A fabricante dos programas Photoshop e Acrobat, cujas vendas estão sofrendo porque profissionais de criação têm diminuído a compra das novas versões, também divulgou os resultados do primeiro trimestre fiscal, finalizado em 27 de fevereiro, em linha com os dados preliminares divulgados duas semanas atrás.

A Adobe prevê lucro, excluindo itens extraordinários, entre 0,31 e 0,38 dólar por ação no segundo trimestre fiscal, que se encerra em 29 de maio, com receita entre 675 milhões e 725 milhões de dólares.

Analistas esperam que a fabricante de software, que conta com rivais como Microsoft e Apple, reporte lucro de 0,35 dólar por ação, com receita de 699 milhões de dólares, segundo a Reuters Estimates.

A empresa anunciou lucro por ação no primeiro trimestre, excluindo itens extraordinários, de 0,45 dólar --em linha com a projeção feita em 4 de março, que mostrava ganhos de 0,44 a 0,45 dólar.

A receita caiu 12% em comparação com a do ano anterior, para 786 milhões de dólares, também em linha com a projeção que apontava valores entre 783 milhões e 786 milhões de dólares.

 

Nenhum comentário: