quinta-feira, 12 de março de 2009

Falhas descobertas há dois meses são cirrigidas pela Adobe

A Adobe liberou atualizações de segurança para falhas críticas nos softwares Adobe Reader 9 e Acrobat 9, descobertas há mais de dois meses.

A empresa alertou seus clientes sobre a vulnerabilidade no final de fevereiro e prometeu uma correção até 11 de março, data que conseguiu cumprir.

As versões 7 e 8 dos mesmos softwares serão corrigidas até 18 de março, disse a fornecedora. Também será liberada uma correção para Adobe Reader 9.1 para Unix até 25 de março.

Explorada com documentos PDF maliciosos, a falha permitia acesso remoto ao computador da vítima. O código provocava um estouro de memória e a conseqüente invasão do sistema.

Quem usa o Foxit, leitor genérico de PDF, também deve ficar atento, pois o programa foi corrigido. Três vulnerabilidades sérias foram eliminadas na nova versão do software, o Foxit Reader 3.0.

 

Nenhum comentário: