quarta-feira, 18 de março de 2009

Internet lenta? A culpa é do vídeo!

Cara, minha internet está um droga! O que acontece!?

Da próxima vez que você ouvir essa pergunta, responda como a Cisco: o boom de vídeos está detonando a infraestrutura das operadoras telecom.

O estudo Barômetro Cisco divulgado hoje colocou nas costas dos fãs de vídeos a responsabilidade pelo excesso no tráfego de dados da web brasileira no ano passado.

Quem possui contas de 1 Mbps ou 2 Mbps (33% dos usuários estão nessa faixa no Brasil) é quem mais consome banda com vídeo, seja por streaming ou trocando vídeos no P2P, diz a análise.

O mesmo relatório mostra que os donos de contas magrinhas (de 512 kbps, por exemplo) estão desistindo dos vídeos. O streaming é tão lento em suas máquinas que eles simplesmente desencanam.

Um outro estudo, o Cisco Visual Índex, diz que entre 2007 e 2012 o tráfego de dados na web brasileira vai crescer seis vezes. Nessa segunda análise, os vídeos têm o atenuante de compartilhar a culpa com as redes sociais.

Do jeito que as coisas vão é capaz de surgir por aí o “video shapping”, nos mesmos moldes do traffic shaping que estreita o P2P.

Há quem diga que a responsabilidade é das teles, que cobram caro e têm pouca infra para dar conta de seus clientes. Por esse motivo elas até colocariam uma cláusula “só garantimos 10% da velocidade" em seus contratos.

Não sei se isso é verdade, mas como contribuição para uma web menos lenta vou parar de recomendar virais para meus vizinhos.

 

Nenhum comentário: