segunda-feira, 13 de abril de 2009

Chevrolet Volt, será que sai?

O montante de US$ 10,3 bilhões dado pelo Departamento de Energia à General Motors para investir em quatro carros, entre eles, o Chevrolet Volt está travado no governo americano.

Isto porque a empresa não passou no teste de viabilidade financeira de seu país. Sem garantia de que a montadora respiraria nos próximos meses, o pedido de auxílio foi colocado em espera até 1º de junho, quando a GM terá o prazo final para provar que pode andar com as próprias peças. Até lá, a companhia não pode receber qualquer outra ajuda monetária.

Dos bilhões emprestados, US$ 2,6 bilhões seriam dedicados à construção do aguardado Chevrolet Volt. O restante serviria para arcar com os custos de dois derivados do Volt e um terceiro modelo híbrido.

A previsão do lançamento do Chevy Volt no mercado americano é de novembro de 2010. A GM diz que a decisão do governo não irá atrasar ou interromper o processo, conforme anuncia o Automotive News.

Além do incentivo ‘barrado’, a General Motors já havia recebido empréstimo do Governo Federal dos Estados Unidos de US$ 17,4 bilhões, além de alguns benefícios para desenvolvimento.

O Chevrolet Volt está sendo desenvolvido para rodar 64 quilômetros com carga elétrica e seus motores movidos a E85 (combustível líquido de 85% de etanol anidro e 15% de gasolina pura) carregarão as 220 baterias de células de íon lítio. Segundo a GM, isso gerará o equivalente a 150 cavalos de potência.

Ele poderá ser inteiramente carregado em 120 ou 240 volts e levará de 3 a 8 horas.

 

Nenhum comentário: