segunda-feira, 27 de abril de 2009

Windows 7 terá ´modo XP´ virtualizado

A Microsoft revelou uma nova arma em seu esforço para fazer os usuários desistirem do XP e migrarem para um sistema operacional mais novo: o modo XP.

O engenheiro de Windows Scott Woodgate anunciou, em blog corporativo, que a Microsoft trabalha num recurso que vai carregar o XP dentro do vindouro Windows 7 usando ferramentas de virtualização.

Leia também:

A tecnologia usada será o Virtual PC, um aplicativo de virtualização que a Microsoft adquiriu de seus criadores em 2003. Segundo Scott, a ideia do “Modo XP” é encorajar, sobretudo, as pequenas empresas que possuem aplicativos antigos e temem que eles não sejam compatíveis com o novo sistema operacional da Microsoft.

O recurso, no entanto, pode ter forte impacto também sobre usuários finais. Muitos consumidores possuem aplicativos antigos ou mesmo um hardware que comprou há muito tempo – como um velho scanner – e teme mudar de sistema operacional e não conseguir usá-los mais.

O anúncio do XP mode causou certa surpresa, pois não apareceu antes na versão beta do Windows 7 nem é previsto aparecer no RC1 do novo Windows, que provavelmente será liberado pela Microsoft em 5 de maio.

Em seu post, no entanto, Woodgate deixa transparecer que o modo XP só ficará disponível para quem comprar as mais caras das seis versões do Windows 7, a Ultimate ou Professional.

 “Nós vamos apresentar em breve o beta do Windows XP Mode e do Windows Virtual PC para Windows 7 Professional e Windows 7 Ultimate”, anotou o engenheiro da Microsoft.

A longa sobrevida do XP tornou-se um grande problema para a Microsoft, que não conseguiu fazer o Windows Vista ser adotado na velocidade e quantidade de licenças que a fabricante projetou.

Agora, a companhia tenta reverter, no Windows 7, dois pontos principais de resistências ao Vista: uma delas é a compatibilidade com software e hardware e outra o tempo de boot, considerado longo demais no Vista.

 

Nenhum comentário: