terça-feira, 30 de junho de 2009

Pirate Bay vende site por US$ 7,8 milhões

O ´The Pirate Bay´ acerta hoje (30) os últimos detalhes da venda do site para a empresa de softwares Global Gaming Factory X AB por 60 milhões de coroas suecas – cerca de 7,8 milhões de dólares.

As duas empresas confirmaram a negociação. Os piratas suecos comunicam que o dinheiro e o valor da negociação não é o mais importante, e sim, que “as pessoas certas com atitudes e possibilidades certas mantenham o site rodando”.

Os compradores da GGF anunciaram a aquisição como parte de um plano de negócio que permita compensar os provedores de conteúdo e os donos dos direitos autorais. A mudança deverá ocorrer em agosto de 2009.

“Nós gostaríamos de introduzir modelos que implicam que provedores de conteúdo e donos do copyright recebam o pagamento pelo conteúdo que é baixado pelo site”, comunicou por escrito o CEO da companhia, Hans Pandeya.

O TPB trata a questão como uma necessidade de sobrevivência do site. Eles afirmam que se a venda não acontecesse, o The Pirate Bay.org morreria. Apesar do otimismo, o futuro do TPB, porém, possui algumas incertezas, já que as informações não esclarecem o que virá a partir do segundo semestre.

Segundo o site TorrentFreak, Peter Sunde disse à publicação online que o The Pirate Bay irá descentralizar e parar de usar o tracker BitTorrent de hoje antes de entregar o domínio a GGF. Eles deverão encorajar os usuários a utilizar um tracker que será lançado em breve.

O sistema de hospedagem também mudará num futuro próximo, de acordo com declaração de Sunde ao site. Haverá um novo serviço de hospedagem no The Pirate Bay, aberto a outros sites de torrent e que possa ser acessado por API, sem que fique hospedado em servidores.

No blog oficial do The Pirate Bay, os responsáveis dizem que os lucros da venda serão revertidos para uma fundação que ajuda pessoas com projetos sobre liberdade de expressão e liberdade de informação.

 

 

Steve Jobs está oficialmente de volta

Steve Jobs, CEO da Apple, está de volta à sua rotina de trabalho após cinco meses e meio de licença médica.

O executivo passou por uma cirurgia de transplante de fígado nos últimos meses.

Jobs, de 54 anos de idade, está trabalhando na sede da companhia em Cupertino "alguns dias da semana", afirmou o porta-voz da Apple, Steve Dowling, nesta segunda-feira (29/06).

No ano passado, a repentina perda de peso de Jobs levantou suspeitas de que sua saúde não estava boa. Em janeiro deste ano, ele declarou em um comunicado que sofria de um desequilíbrio hormonal, mas duas semanas depois ele revelou que seu estado de saúde era um pouco mais complicado e teria que se afastar da companhia até meados de junho.

Poucos CEOs são considerados tão essenciais a suas companhias quanto Jobs é para a Apple desde que retornou em 1997.

Os rumores e as notícias a respeito da saúde do CEO afetaram fortemente as ações da companhia. Nesta segunda-feira (29/06), os papéis da Apple operavam em alta de 43 centavos de dólar, valendo 142,87 cada.

 

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Lula vê censura em projeto de lei que endurece penas a crimes cibernéticos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva classificou de censura o projeto de lei de autoria do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) que endurece as penas para crimes cometidos na internet, durante participação no 10º Fórum Internacional de Software Livre (Fisl), em Porto Alegre, nesta sexta-feira (26).

“Essa lei que está aí não visa corrigir abuso de internet. Na verdade, quer fazer censura. Precisamos responsabilizar as pessoas que trabalham com internet, mas não proibir ou condenar. É interesse policialesco fazer uma lei que permite que as pessoas adentrem a casa de outras para saber o que estão fazendo, até seqüestrando os computadores. Não é possível”, disse Lula, após ouvir apelos da plateia para vetar a lei, segundo reportagem da "Agência Brasil".

O projeto, que ainda tramita no Congresso Nacional, prevê que quem obtiver ou transferir dado ou informação disponível em rede de computadores, dispositivo de comunicação ou sistema informatizado sem autorização do legítimo titular, poderá ser preso. Para professores de comunicação e organizações ligadas à internet, atividades corriqueiras no mundo virtual, como baixar uma música ou um filme, poderão ser interpretadas como crime.

 Em ocasiões anteriores, Azeredo alegou que o objetivo não é controlar o uso da internet, e sim punir crimes cibernérticos, como cópia de cartões de crédito e senhas. O texto obriga ainda que os provedores on-line guardem, por três anos, os registros de acesso e encaminhem esses dados à Justiça, quando solicitados para investigação. Com essas informações, a ideia é chegar ao endereço de um criminoso.

 Lula recomendou ao ministro da Justiça, Tarso Genro, mudanças no Código Civil para contemplar o assunto de forma a responsabilizar as pessoas que trabalham com a questão digital e com a internet. Mas disse que não se deve "proibir ou condenar os internautas porque esse é um interesse policialesco de fazer uma lei que permita com que as pessoas adentrem à casa de outras para saber o que elas estão fazendo", acrescentou Lula aos participantes do Fisl, que consideram que a lei fere a privacidade dos usuários da internet ao prever formas de identificá-los, segundo a Agência Estado.
 

Liberdade

De acordo com a Reuters, a um mês do lançamento de um blog pelo Planalto, o presidente Lula afirmou nesta sexta que o país nunca viveu um ambiente de liberdade de informação tão grande e, acredita que com o acesso cada vez maior à internet, a imprensa tradicional está perdendo poder para os novos meios.

"Finalmente este país está tendo o gosto da liberdade de informação. Estamos vivendo um momento revolucionário da humanidade em que a imprensa já não tem o poder que tinha há alguns anos. A informação já não é mais uma coisa seletiva em que os detentores da informação podiam dar golpe de Estado", disse Lula em seu discurso no 10º Fisl, informou a Reuters.

Durante o fórum, Lula e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, fizeram um balanço dos investimentos federais nas áreas de implantação de software livre e programas de inclusão digital em órgãos públicos e em programas para a sociedade.

"Podem ficar certos que neste governo é proibido proibir. O que nós fazemos é discutir. Os empresários sabem que nós discutimos sem rancor e sem mágoa", disse o presidente, ao defender a liberalização do software, acrescentando que o governo calcula uma economia de R$ 370 milhões com a implantação do software livre desde o início do governo Lula, em 2003.

 Inclusão

Lula afirmou ainda que "inclusão digital" é a palavra mais "sexy" do governo e que dez ministros de sua equipe falam do assunto, de acordo com a Agência Estado.

Ao lembrar que nesta semana inaugurou no Paraná a ligação de número 2 milhões do programa Luz Para Todos, o presidente disse que 83% dos novos usuários ligados à rede elétrica adquiriram televisão. Outros 79% compraram geladeira, segundo Lula, mas não foi feita pesquisa sobre a compra de computadores entre esses consumidores.

 

O que é a computação em nuvem?

Computação em nuvem é o termo da moda em tecnologia e muitos fornecedores estão rebatizando seus produtos para aproveitar a hype. Mas em que de fato ela consiste?

Para ajudar a diminuir a confusão, o Gartner identificou cinco atributos de computação na nuvem. Segundo a consultoria, não é recomendável focar apenas em um atributo. É preciso pensar no serviço como um todo.

A lista detalhada está em um documento chamado “The What, Why, and When of Cloud Computing”, da Gartner, que contém 29 pesquisas assinadas por mais de 20 analistas. Confira um breve resumo:

Baseado em serviço

O consumidor se preocupa com a mesma coisa que o fornecedor: o que o serviço oferece. O que ele precisa fazer é sempre mais importante do que como a tecnologia é usada para implementar a solução.

Escalável e elástico

O provedor consegue entender se a procura pelo serviço está alta e redimensiona a sua capacidade automaticamente. Os recursos de infraestrutura e software podem ser ampliados ou reduzidos conforme necessário.

Compartilhamento

Os serviços compartilham alguns recursos para construir economias de escala. Recursos de TI são usados com a máxima eficiência. A infraestrututra, software ou plataforma são compartilhadas entre os consumidores. Isso permite que recursos não utilizados possam atender diversas necessidades para vários consumidores ao mesmo tempo.

Pagamento por uso

O pagamento é baseado no consumo, não no custo do equipamento. Ele baseia-se na quantidade do serviço utilizado pelos consumidores, que pode ser em termos de hora ou na transferência de dados, por exemplo.

Usa tecnologias da internet

O serviço é feito usando identificadores, formatos e protocolos da internet como URLs, HTTP e IP. Existem muito exemplos de serviços baseados na internet, como o Gmail, do Google, algumas lojas online, sites se leilão e outros para hospedagem de fotos.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Apple já vendeu um milhão de iPhones 3GS

A Apple ultrapassou a marca de um milhão de iPhones 3GS vendidos no domingo, apenas três dias depois do início das vendas.

Já o número de downloads da atualização do sistema operacional iPhone 3.0 OS bateu na marca dos seis milhões nos primeiros cinco dias.

Em comunicado oficial da Apple, Steve Jobs, CEO da companhia que está afastado desde o começo do ano, afirmou que “com mais de 50 000 aplicações, esse é o momento mais forte do iPhone”.

O novo telefone da Apple é bem mais rápido e poderoso que o aparelho lançado em 2007. Com quatro vezes mais memória – 32 GB – bateria mais duradoura e melhor câmera fotográfica, o telefone custa 299 dólares para os consumidores americanos. Os modelos de 16 GB e 8GB custam, respectivamente, 199 dólares e 99 dólares.

O sucesso da versão atualizada foi tão grande quanto do primeiro modelo 3G, que saiu no ano passado. No final de semana da sua estréia também foram comprados um milhão de celulares. O primeiro iPhone teve vendas mais tímidas. Nos dois primeiros dias depois de seu lançamento, apenas 270 000 telefones haviam sido vendidos.

 

Jobs recebeu transplante de fígado

O Wall Street Journal publicou hoje (20), que o CEO da Apple, Steve Jobs, foi submetido a um transplante de fígado há cerca de dois meses. 

De licença médica desde janeiro, Jobs está se recuperando bem do transplante feito no estado de Tennesee, e deve voltar ao trabalho no fim de junho, segundo a publicação americana, sem citar a fonte. 

O fundador da Apple não concede entrevistas desde o começo do ano. Uma porta-voz da companhia disse ao WSJ que “Steve continua esperando para retornar no fim de junho, e não há nada mais a dizer”. 

Analistas dizem que há uma possibilidade de Steve Jobs trocar de cargo em breve, mas lentamente. Enquanto a administração da empresa ficaria sob as mãos do presidente de operações Tim Cook, o atual CEO interino, Jobs focaria seu trabalho em questões gerais e em produtos. 

No mercado de ações, a saída de Jobs não causa a mesma falta que os fãs da Apple sentem. Em 2009, as ações da Apple já estão valorizadas em 60% e análises sugerem que volta do CEO original gerará apenas uma rápida alta, sem impacto continuado.

 

 

terça-feira, 16 de junho de 2009

MS doa refeição em troca de download do IE8

A Microsoft apresentou um novo recurso para tentar impedir o avanço de rivais como Firefox, Safari e Chrome contra o IE8: a doação de refeições.

Com o site Browser for The Better, a Microsoft se compromete a doar oito refeições para cada cópia do Internet Explorer 8 baixada pelo serviço. Os recursos serão repassados à organização Feeding America, que toca projetos de segurança alimentar nos Estados Unidos.

Segundo a Feeding America, apesar dos Estados Unidos ser o país mais rico do mundo há vários bolsões de pobreza espalhados pelas grandes cidades.

 A organização diz que até 12% da população americana tem dificuldades para se alimentar todos os dias.

O programa não prevê doações para famintos fora dos Estados Unidos.

De acordo com a Net Applications, o IE detém atualmente 65,5% do mercado de navegadores. O segundo colocado é o Firefox, com 22,5%

 

 

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Nokia mostra novo celular com touch-screen

A Nokia apresentou nesta segunda-feira (15/06) três novos dispositivos, incluindo um modelo com tela sensível ao toque que sucede o 5800.

A maior fabricante de handsets do mundo afirmou que o 5530 Xpressmusic começará a ser vendido no terceiro trimestre por 199 euros, sem subsídios ou impostos.

Os dois outros novos modelos de celular da Nokia são o E72, uma versão atualizada do aparelho corporativo E71 e o "3710 fold".

O E72 também chegará ao mercado no terceiro trimestre e vai custar 350 euros, enquanto o 3710 começará a ser vendido apenas no quarto trimestre, por 140 euros.

 

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Google Wave, o início de uma nova era?

O fim do e-mail como o conhecemos. Assim foi apresentado o Google Wave, nova plataforma de comunicação do gigante das buscas. Mas será que para além do entusiasmo inicial, a ferramenta realmente vai marcar o início de uma nova era para as ferramentas de colaboração?

Para o Gartner, a resposta é sim. A consultoria divulgou um relatório em que prevê que a onda vai levar muitos anos para bater nas empresas, mas, quando chegar, vai mudar o cenários de competição e as oportunidades no mercado de TI.

O Google Wave é uma mistura de e-mail com mensagem instantânea, processamento de documentos e plataforma de colaboração em tempo real.

Em tese, um potencial desafiador para soluções voltadas a escritórios, como Lotus Notes, Microsoft Exchange ou Microsoft Office SharePoint Server.

 

Mas, para o Gartner, o Google Wave não representa uma ameaça imediata a essas ferramentas. Se tiver algum impacto sobre esses concorrentes, será em um período de cinco a dez anos, aposta a consultoria.

Contudo, o Google Wave pode mudar a regra do jogo para as soluções de comunicação em escritório. Se a moda pegar, os concorrentes terão que correr atrás do modelo que ele introduz: combinar padrões abertos de internet com uma arquitetura descentralizada.

Como o Wave tem a nada modesta ambição de mudar a forma como as pessoas se comunicam na internet, ele já começa aberto a colaborações.

Mais do que criar sistemas que possam conversar com o Wave, o Google convidou os desenvolvedores a adicionar novas lógicas de processamento ao conteúdo da plataforma e a levar suas funções para sites externos, expandindo os limites da comunicação para muito além das redes corporativas.

 

Se o Google emplacar essa visão entre os desenvolvedores, na escala em que pretende, o Wave pode se tornar parte da própria infraestrutura da internet. E quem ganha é a web.

A consultoria faz, no entanto, algumas ressalvas para que o Google Wave realmente conquiste território entre as empresas. De saída, o excesso de funções pode assustar o usuário. Além disso, a dependência do navegador pode ser uma barreira de entrada no mundo corporativo, que ainda confia mais no bom e velho software offline.

A recomendação do Gartner às companhias é fazer uma avaliação de risco quando os usuários começarem a requisitar os recursos do Wave – que por enquanto está em beta fechado – e pesar o quanto as inovações da plataforma podem impactar suas visões de negócios.

Para os fornecedores da área, um aviso: encarem o Google Wave como futuro rival.

Novo iPhone tem processador de 600MHz

A operadora alemã T-Mobile divulgou para clientes as características do novo iPhone 3G S, aparelho lançado essa semana.

A informação da operadora alemã confirma os rumores. O novo iPhone é equipado com um processador de 600 MHZ. O hardware do aparelho traz ainda uma placa de memória RAM com 256 MB. A configuração, em tese, é apenas um pouco melhor do que a encontrada no iPhone 3G, equipado com um processador de 412 MHz e 128 MB de memória RAM.

Com a nova configuração, o 3G S supera, também por pouca coisa, o modelo mais recente do iPod Touch, aparelho equipado com um processador de 533 MHz e 128 MB de memória RAM. Além disso, o pessoal da Apple deixa o novo iPhone com um hardware similar ao do Palm Pre, cuja CPU também roda a uma velocidade de 600 MHz.

Apesar do upgrade considerável, alguns blogs especializados em iPhone duvidam se o aparelho consegue mesmo aumentar a velocidade de navegação e abrir aplicativos duas vezes mais rápido que o antecessor com apenas esse chip novo. Para realmente ter esse desempenho, é necessário uma arquitetura de processamento de informações diferente. É isso que todos querem saber no momento.

Falso antivírus rouba senhas no PC

O falso antivírus online, chamado Internet Antivirus Pro, em vez de defender o micro, instala nele um programa ladrão de senhas.

Segundo o Microsoft Malware Protection Center, o Internet Antivirus Pro segue o padrão habitual dos falsos programas de varredura na web. Após fazer a falsa detecção de uma série de programas maliciosos presentes no computador, o aplicativo sugere ao usuário a instalação de um também falso antivírus, capaz de eliminar todo o malware detectado.

Se o usuário cai na armadilha, instala-se na máquina o invasor TrojanSpy:Win32/Chadem. Esse programa malicioso tenta coletar nomes de usuário e senhas que os crackers possam usar, a fim de comprometer servidores. O objetivo é usar os servidores FTP para hospedar malware.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Google fornece software a escolas de MG

O Google vai fornecer gratuitamente um pacote de aplicativos para a rede pública de ensino do estado de Minas Gerais.

O Governador do Estado, Aécio Neves, e o diretor-geral do Google para a América Latina, Alexandre Hohagen, assinaram um protocolo de intenções para garantir o acesso de mais de 2,5 milhões de alunos e 165 mil professores ao pacote.

Realizado na segunda-feira (01/06), o evento contou com a presença de Vint Cerf, vice-presidente mundial do Google.

Pela iniciativa, 3.920 escolas da rede poderão utilizar o Google Apps Education Edition, que inclui serviços de e-mail (Gmail), mensagens instantâneas (Gtalk), agendas digitais compartilhadas (Google Calendar), editor de textos e planilhas (Google Docs) e editor de páginas de Web (Google Sites).

A parceria ainda prevê suporte online técnico para usuários, estudantes e professores e integração das ferramentas com outros sistemas.  

A Secretaria de Estado de Educação será responsável por capacitar os usuários e coordenará programas de treinamento para que professores, funcionários e alunos aprendam a utilizar as novas ferramentas no ambiente educacional.

 

quarta-feira, 3 de junho de 2009

NET amplia rede de 60 Mbps no Rio

A NET vai oferecer seu serviço de banda larga com velocidade de 60 Mbps aos bairros da Gávea e Lagoa, no Rio de Janeiro. Antes, a oferta só cobria do bairro do Leblon.

Segundo a NET, outros bairros onde está disponível o serviço NET Combo HD MAX, que além da banda larga inclui serviços de TV digital em alta definição, contam com planos de até 20 Mbps.

Para oferecer conexões de até 60 Mbps, a NET leva até a casa do usuário um cabo de fibra óptica que transmite informações no padrão Docsis 3.0, que segundo a operadora amplia a capacidade do cabo em trafegar informações.

Embora comercialmente os planos oferecidos sejam de até 60 Mbps, a NET afirma que o padrão Docsis 3.0 permite o tráfego de dados a velocidades de até 300 Mbps.

 

 

 

 

terça-feira, 2 de junho de 2009

Intel mostra novo chip para notebooks finos

A Intel apresentou na segunda-feira (01/06) um microprocessador mais leve e econômico destinado a notebooks ultra-finos.

O novo processador, apelidado de Pentium SU2700, chega ao mercado no momento em que investidotes estão preocupados com a possibilidade de que chips mais baratos, como o Atom, fabricado especialmente para netbooks, prejudiquem as vendas de modelos mais caros, que oferecem maiores margens de lucros.

A Acer e a Asustek já afirmaram que utilizarão o Pentium SU2700 nas suas novas máquinas e a Microsoft garantirá que seu software dê suporte a ele.

A Intel espera que, até o quarto trimestre de 2009, aproximadamente um quinto das suas vendas para o mercado consumidor esteja focado em notebooks de próxima geração, mais finos e mais econômicos.

A líder mundial de chips acredita que em 2009 as vendas de computadores portáteis ultra-finos vão crescer aceleradamente, de forma semelhante a vista no ano passado com os netbooks.

Na segunda-feira (01/06), a companhia também exibiu três novos procesadores Core 2 Duo e um novo chipset móvel.